Deus restaurará a nossa sorte

“Mudou o Senhor a sorte de Jó, quando este orava pelos seus amigos; e o Senhor deu a Jó o dobro do que antes possuía”. Jó 42: 10

A bíblia nos relata que Jó era um homem íntegro, reto, temente a Deus e que se desviava do mal. (Jó 1: 1).

Todavia Jó passou por um grande infortúnio em sua vida. Ele perdeu os seus bens, seus dez filhos, foi abandonado por seus amigos, seu cônjuge não lhe apoiou no momento em que ele mais precisava, ficou enfermo a beira da morte. A única coisa que Jó não perdeu e nós também jamais perderemos é a capacidade de crer que Deus pode todas as coisas. A nossa fé está em Deus.

“Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do Senhor nosso Deus. Uns encurvam-se e caem, mas nós nos erguemos e ficamos de pé”. Salmos 20 : 7-8.

Quando todos apostavam no fracasso de Jó, Deus restaurou a sua sorte, e será assim também para conosco.

Qual a certeza que temos de que o Senhor restaurará a nossa sorte?

Deus está no controle de nossas vidas: “e disse: Nu saí do ventre de minha mãe, e nu tornarei para lá. O Senhor deu, e o Senhor tirou; bendito seja o nome do Senhor . Em tudo isso Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma”. Jó 1: 21-22.

Essa declaração de Jó, fala da convicção de um homem que sabia que o seu destino, o seu futuro estava entregue totalmente nas mãos de Deus. O segredo de transformar a maldição em benção é: Orar, vigiar e calar. Calar no sentido de não murmurar. Creia que os planos de Deus não podem se frustrar. “Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus planos pode ser frustrado”. Jó 42: 2.

Aquilo que Deus sonhou a seu respeito, haverá de se cumprir. Haja o que houver, certamente Deus restaurará a nossa sorte!.

Temos experiências profundas e pessoais com Deus: “Com os ouvidos eu ouvira falar de ti; mas agora te vêem os meus olhos. Jó 42: 5.

Há muitas pessoas que conhecem a Deus apenas como um conceito, mas ainda não entraram na experiência profunda e pessoal. Quando você começa a caminhada cristã, as vezes por qualquer coisa você pensa em desistir. Mas depois de viver várias experiências com Deus, o vento não consegue lhe destruir. O diabo tentou usar as perdas na vida de Jó para fazê-lo abandonar a Deus. O alvo do diabo é sempre nos afastar do Senhor, desistir da nossa fé. Assim como Jó não desistiu, nós também jamais desistiremos pois sabemos que o Senhor haverá de restaurar a nossa sorte.

Mesmo em meios as lutas, não paramos de guerrear: “Mudou o Senhor a sorte de Jó quando este orava pelos seus amigos; e o Senhor deu a Jó o dobro do que antes possuía” Jó 42: 10.

Note que a bíblia não diz “enquanto Jó chorava suas lutas”; “enquanto Jó sofria com suas dores”, e sim “enquanto Jó ORAVA pelos seus amigos. O mundo estava desabando em todos os sentidos, mas o guerreiro Jó continuava orando insistentemente, e é justamente neste momento que Deus lhe restaura a sorte. Vejamos:

a)        Ganhou presentes (v.11)

b)      Bens materiais (v.12) – Compare Jó 1: 3 com Jó 42: 12

c)      Restauração Familiar (v.13-15)

d)      Vida longa para quem ia morrer jovem (v. 16-17)

 

Deus restaurará nossa sorte. Vamos crer, vamos persistir, vamos profetizar a vitória e certamente o Senhor restaurará a nossa sorte, porque nós podemos todas as coisas naquele que nos fortalece. “Posso todas as coisas naquele que me fortalece”. Filipenses 4: 13

Graça e paz!!!

Deixe uma resposta